Em duas assembleias realizadas hoje, a categoria votou por acatar o reajuste de 3,4% nos salários e plano de saúde e de R$1,00 por dia no tíquete alimentação. As demais cláusulas da atual Convenção Coletiva de Trabalho permanecem as mesmas.
Nas duas assembleias o presidente do Sindirodoviários falou para a categoria sobre as dificuldades que foram enfrentadas para se chegar a uma negociação que evoluísse para melhorar a proposta inicial dos patrões. A intransigência patronal encontrou resistência na categoria e também na Justiça do Trabalho, o que levou à mediação da greve pelo TRT e pelo Ministério Público do Trabalho.
É preciso entender a hora de avançar na resistência ou de recuar taticamente para organizar melhor a categoria. Estamos juntos na luta por dias melhores para a categoria rodoviária.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.